Origem do Povo Judeu

24/02/2009 20:44

Jean Paul Bournet
04/09/2004

Abraão insistia em ter descendentes e, apesar de todas as promessas de Deus, continuava sem engravidar Sara.

Naquela época a Terra já estava bastante bem povoada, fruto do deslocamento dos filhos de Noé (Cham para a África, Sem para o Oriente Médio e Ásia, e Japhet para a Europa).

Numa atitude amoral Abraão engravida sua escrava Hagar, com o consentimento de Sara. Ela, afinal, já não aguentava mais tentar e não conseguir ter o filho que Abraão tanto desejava. Quando a escrava fica grávida Sara a expulsa de casa. Deus, então, aparece a Hagar, a escrava grávida, dizendo que ela dará a luz a um filho e que esse será a origem de um grande povo. Depois de falar-lhe isso, manda que ela volte à Sara.

Tudo leva a crer que Deus desejava que esse filho fosse o aceito por Abraão como seu herdeiro, por algum motivo não explicado. Esse filho é Ismael. Há indícios de que o que Deus queria evitar é que o herdeiro de Abraão seguisse alguma tendência negatriva do caráter de Sara, mas isso também são simples conjecturas.

Abraão não aceita Ismael e insiste em cobrar de Deus o seu filho com Sara, dizendo que não pode ter como seu herdeiro o filho de uma escrava! Ele renegava Ismael, apesar de ser seu próprio filho.

Até que Deus, cansado de tentar fazer com que Abraão aceitasse Ismael e desistisse de ter um herdeiro com Sara, permite que Sara fique grávida (Abraão já com cem anos de idade) e então nasce Isaque.

Numa nova tentativa de mudar a história da humanidade, Deus manda Abraão sacrificar Isaque (seu filho com Sara). Esse ato, que é interpretado por todos como uma prova do amor de Abraão para com Deus, mostra apenas mais uma tentativa de Deus em não deixar que algum povo surgisse com os desvios de caráter identificados em Sara e que, geneticamente poderiam ter sido transferidos para Isaque.

No último momento Deus manda Abraão parar com o sacrifício e Isaque é poupado. Ismael é, então, expulso da família como se dela não fizesse parte, ficando alijado da descendência "divina". A família "escolhida" passa a ter como descendente o filho de Sara, que é Isaque.

Isaque tem dois filhos, Esaú e Jacó e um dia, conforme as tradições da época, ele deve dar a bênção ao seu primogênito, para prosseguir com a descendência principal de família ou povo escolhido. A essa altura já não se sabe do paradeiro de Ismael, que tanto foi preparado por Deus para ser o descendente principal. A descendência ficou mesmo com Isaque e que, agora, deve pasá-la para Esaú.

Nesse momento a falha de caráter que Deus tanto desejava evitar nessa linha sucessória, aparece em Jacó. Aproveitando-se da cegueira de Isaque, seu pai, Jacó se faz passar por Esaú e recebe em seu lugar as bênção "divinas".

Esse é o segundo momento em que Deus, por algum motivo, permite que a escolha do descendente abençoado seja feito à sua revelia ou seguindo um caminho amoral.

Jacó, que mudou o nome para Israel, revelou realmente uma falha de caráter desde a juventude.

Seu filho mais velho, Judá, que é a origem do povo Judeu, herdou também toda falha de caráter do pai (Jacó) e da bisavó (Sara, esposa de Abraão e mãe de Isaque). Esse defeito de caráter de Judá está bem demonstrado quando ele propõe a seus irmãos que vendam seu irmão mais novo, José, como escravo, e assim o faz (Gênesis, 37:26-7).

Mais tarde Judá tem três filhos com uma esposa Cananéia. Esses filhos, que gerariam o povo Judeu, são impedidos por morrerem antes de gerarem seus próprios filhos. O primeiro casa-se com Tamar, mulher Cananéia, e morre antes de gerar. O segundo casa-se com a mesma mulher, Tamar e o mesmo destino o espera. Tamar, então, disfarça-se de prostituta ritual e faz com que Juda tenha relação sexual com ela. Assim nascem-lhe dois filhos gêmeos, que dão, finalmente, origem ao povo Judeu.

O povo Judeu nasce, então, de uma relação incestuosa, durante um ato caracterizado como prostituição.

Tal relato foi preservado intacto pelo próprio povo Judeu, embora depondo contra si mesmo, o que serve para reforçar ainda mais a sua veracidade. 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!